CURSO 1 - Desdobramentos do corpo





De 05 a 11 de janeiro de 2015

Desdobramentos do corpo: técnicas ilusionais para autonomia ficcional no objeto animado, com a companhia Caixa do Elefante (RS)
(10 vagas). Ministrantes: Mário de Ballentti, Carolina Garcia e Paulo Balardim. Carga horária: 60h

O curso, nível avançado, destina-se aos estudantes e profissionais do teatro, performance e dança, objetivando a prática aprofundada de técnicas corporais do ator para a simulação de vida autônoma no objeto teatral animado, num trabalho de imersão artística.
Em meio a floresta, rios e cascatas, com toda a infraestrutura para garantir o conforto dos participantes, a companhia CAIXA DO ELEFANTE TEATRO DE BONECOS, em parceria com o VALE ARVOREDO, oferece esta proposta que integra a prática e o aperfeiçoamento do corpo do ator em contato com a natureza paradisíaca.
Serão sete dias de intensa atividade física, com exercícios que focam tanto o conhecimento proprioceptivo quanto o desenvolvimento da coordenação motora e o aprimoramento de técnicas ilusionais específicas para bonecos (em sua mais ampla acepção). Dentre essas técnicas, acentua-se o trabalho interpretativo do ator e os princípios elementares à manipulação, tais como eixo, foco, ponto fixo, economia de meios, dissociação de movimentos, etc.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

O trabalho será pautado no treinamento físico do ator, com vistas a desenvolver técnicas de aquecimento, alongamento, coordenação motora e procedimentos dissociativos do corpo.
Partindo do conhecimento proprioceptivo do corpo do ator, serão estudadas técnicas de animação com a finalidade de provocar a ilusão de vida no boneco - objeto inanimado. Dentre essas técnicas, foco e condução de atenção, ponto fixo, eixo do corpo do ator, eixo do corpo do boneco, dissociação de movimentos, economia de meios, triangulação, nível/altura do boneco, peso e contrapeso, elaboração de partituras de ação, sincronicidade voz/movimento, qualidades energéticas, intencionalidade.
Ao longo dos sete dias, além dos exercícios sistemáticos - os quais ocuparão todo o turno da manhã, os participantes deverão preparar uma cena curta com a modalidade de manipulação que irão desenvolver, com o acompanhamento dos ministrantes.
Durante o turno da noite, biblioteca e atelier estarão também disponíveis para pesquisa ou construção.

Currículo da CAIXA DO ELEFANTE
A companhia porto-alegrense Caixa do Elefante Teatro de Bonecos, fundada em 1991, em Porto Alegre/RS, é, hoje, uma das companhias de teatro de bonecos mais atuantes e de maior destaque no panorama artístico nacional brasileiro. Suas premiadas montagens, direcionadas tanto para o público infantil quanto para o adulto, já percorreram diversos países da Europa, América do Norte e América do Sul, representando e valorizando, em cada um deles, a essência de nossa autêntica cultura. Figura, nas histórias apresentadas pela companhia, a essência do teatro de animação latino-americano: textos populares que mesclam poesia e comicidade, apresentados com um primor técnico que envolve um delicado trabalho de construção e manipulação de bonecos.
A Caixa do Elefante, ao longo de suas duas décadas de existência, tem acumulado uma vasta experiência na construção de diversos bonecos, cenografias e adereços cênicos, tanto para seus espetáculos como para outras companhias de teatro e programas televisivos, além de colaborar, por meio de workshops e oficinas, com a formação de público e profissionais de teatro.